fbpx

Instabilidade de rede: entenda os motivos (e como resolvê-los)

instabilidade-de-rede
7 minutos para ler

Diversos fatores contribuem para que os usuários dos serviços de um provedor de internet continuem sendo clientes. Mas talvez o mais importante deles seja a estabilidade de rede. Dificilmente alguém permanece por um longo tempo junto a um provedor com má qualidade de sinal.

Se o cliente for uma empresa, a situação se torna ainda mais delicada, visto a necessidade de disponibilidade de sinal para trabalhar. E hoje, com a tendência crescente de home office, a ideia é que já não exista tanta diferença entre os dois lugares.

Este artigo traz para você os principais fatores que podem influenciar na qualidade do sinal prestado aos usuários de uma rede de internet. Ao ler o texto, você saberá por que é tão importante zelar por uma boa prestação de serviços.

E em seguida, você conhecerá as principais razões pelas quais uma rede pode ter o desempenho prejudicado. Não espere mais e avance na leitura agora mesmo!

diagnostico-provedor

Evitar instabilidade de rede é um fator vital para o seu negócio

O sucesso de um provedor é determinado pela satisfação de seus clientes. Para que ela alcance seu nível máximo, é necessário tornar o acesso à internet, o máximo possível, isento de falhas. Claro que conseguir 100% de desempenho é quase impossível, pois depende de diversos fatores, mas quanto mais se aproximar desse número, melhor será.

Outra razão pela qual deve-se investir em uma rede de qualidade é otimizar o tempo dos funcionários do servidor. Se o suporte trabalhar muito, significa que mais recursos estão sendo empregados em corrigir problemas e isso pode levar a um mau resultado financeiro a médio e longo prazo.

Quais são os principais fatores que causam instabilidade de rede?

Diversos agentes podem interferir na transmissão de um sinal. Nos trechos em que a rede se torna wireless, as interferências podem ser ainda mais significativas. No entanto, todos os trechos de comunicação devem ser considerados. Acompanhe a seguir as principais razões de queda da qualidade de um sinal de internet.

Equipamentos de qualidade baixa

Um acesso à internet de qualidade é feito considerando todos os equipamentos de uma rede, desde o início da transmissão até o ponto final que atende um cliente. Assim, cada item da rede deve ser considerado como potencializador da estabilidade de rede.

Nessa conta entram tanto os equipamentos da rede externa do provedor quanto aqueles que estão alocados junto ao usuário.

Com a disseminação cada vez maior do acesso em banda larga, o mercado de infraestrutura se viu com uma quantidade muito grande de equipamentos, e nem todos de boa qualidade. O provedor deve certificar-se que está usando cabos ópticos, caixas de emendas e receptores bons, pois eles vão garantir maior estabilidade e, principalmente, durabilidade.

Também é necessário ter atenção aos dispositivos da ponta final, como roteadores e ONU. Eles fazem parte da rede interna do cliente e influenciam significativamente na qualidade do sinal.

Interferência de rede do usuário

Não é porque a rede interna do cliente está fora do alcance de um provedor que não deve haver preocupação com instabilidade de rede. Muito pelo contrário, pois caso a conexão apresente problemas, o usuário indicará que o problema é na prestação do serviço. Por isso, vale a pena orientar o cliente a respeito do modo como ele pode ter o melhor desempenho da conexão em seu próprio ambiente.

Dessa forma, cabe pontuar que todo equipamento doméstico que operar na mesma frequência do roteador pode causar interferência no sinal. Um bom exemplo é o microondas quando trabalha em 2.4 GHz, pois essa é uma das faixas de frequência mais usadas por roteadores.

Outra situação que merece atenção é o canal por meio do qual trafegam os dados. Indicar o cliente a usar o canal 6 e 11 pode ajudar a evitar interferência de vizinhos, por exemplo.

Barreiras físicas

Um ponto que poucas pessoas consideram é a presença de obstáculos que têm efeito sobre a propagação do sinal. Isso é válido especialmente na distribuição do sinal no modo wireless, ou seja, sem fio. Mas, dependendo do planejamento da rede no que se refere a distância, o enlace óptico também pode ser afetado e ter seu desempenho reduzido.

Portanto, a recomendação é sempre avaliar com cuidado o local que os equipamentos de transmissão serão instalados. A distância de acesso deve ser considerada, bem como a presença de lajes, paredes ou grandes massas de água (piscinas e caixas d’água).

Esses anteparos podem atenuar muito o sinal recebido pelo cliente e, com isso, a navegação pode apresentar desempenho muito ruim, prejudicando o uso da internet. Então avalie como posicionar o equipamento em um local estratégico dentro da casa ou empresa do cliente.

Configurações de segurança

Novamente temos um fator com origem na rede interna do usuário que pode afetar a qualidade de conexão à rede. Lembre-se que (provavelmente) o cliente sempre vai atribuir o problema ao provedor e nunca às suas condições de acesso. Por isso, é importante também cuidar da ponta final da rede que é representada pelo acesso final.

Nesse sentido, uma das missões de um provedor é cuidar para que o usuário utilize roteadores modernos. Os modelos antigos usam protocolos de segurança de eficiência reduzida, a exemplo do WEP. Esse sistema de autenticação pode causar baixo desempenho da rede.

Para contornar esse problema, sugere-se o uso de equipamentos mais modernos que utilizam protocolos WPA ou WPA2 como forma de autenticação na rede doméstica. Lembre-se que o barato pode sair muito caro, portanto não economize quando se fala de infraestrutura de rede!

Acidentes e fenômenos naturais

Um ponto que não pode ser deixado de lado quando se fala de instabilidade de rede é a ação da mãe natureza. Sua interferência na transmissão de dados é significativa e isso precisa ser avaliado também.

Em redes de comunicação que utilizam o ar como meio de propagação, a ação de chuvas e tempestades é decisiva. Nesses casos, a conexão fica muito prejudicada e, muitas vezes, até mesmo impossibilitada.

A solução para esse problema veio com o avanço da tecnologia e a disseminação de redes de fibra óptica. Esse meio de comunicação sofre muito menos interferência dos fatores ambientais porque a transmissão se dá confinada em um cabo óptico. Dessa forma, é possível assegurar a qualidade da rede e, para tanto, é necessário que o provedor invista em infraestrutura.

Apesar disso, é importante mencionar que nem a fibra é completamente imune a acidentes; É possível que galhos de árvores caiam sobre os fios, ou caminhões passem por cima da estrutura. Portanto, é essencial que você tenha um software para monitorar a expansão e monitoramento dessas fibras.

Como a MK te ajuda com isso?

Solucionar a instabilidade de rede para os clientes é fundamental para o sucesso de um provedor de internet. Nesse sentido, faz toda a diferença contar com soluções inteligentes, como aquelas disponibilizadas pela MK Solutions.

Uma delas é o MK IPOE. Com ele, é possível garantir um processo de autenticação seguro e bastante leve. Além disso, é possível controlar a velocidade de navegação de cada cliente, efetuar load balance e redundância. É uma solução completa para garantir uma ótima qualidade no acesso.

Gostou do conteúdo? Então, solicite uma apresentação para conhecer melhor as soluções que podem tornar a sua rede de conexão altamente eficiente!

Você também pode gostar

Deixe um comentário