Uma navegação na internet jamais seria da forma como a conhecemos hoje sem que existisse o princípio da neutralidade de rede. A maioria das pessoas nem se dá conta que pode acessar o conteúdo que quiser sem nenhuma interferência graças a essa neutralidade. Além disso, o volume de dados trafegados não é cobrado por ocorrência dela também.

Neste artigo, você saberá mais a respeito desse dispositivo que garante uma internet igualitária a todos em nosso país. Você conhecerá melhor como ele atua na rede mundial de computadores e por que o seu fim poderia ter sérias implicações para todos, inclusive para os provedores de internet. Não perca mais tempo e leia agora mesmo!

O que significa o princípio da neutralidade de rede?

Com o avanço dos meios digitais, tornou-se impossível imaginar o processo de comunicação sem a internet. É ela quem possibilita o tráfego de dados em alta velocidade e, com isso, diversos conteúdos podem ser acessados a qualquer momento, como os vídeos de plataformas como o YouTube.

É exatamente sobre isso que versa a neutralidade da rede, pois ela tem por princípio o livre acesso à informação sem a priorização de conteúdo ou prevalecimento de uma fonte por outra. Na prática, um exemplo disso é que seria proibido que uma empresa pagasse à operadora de internet para que seus conteúdos fossem acessados de forma mais rápida que os do concorrente.

Quais são suas funcionalidades?

Acompanhe a seguir algumas características do conceito de neutralidade de rede.

Uso

A neutralidade de rede garante que todos os usuários tenham acesso de forma indiscriminada, ou seja, nenhum tipo de perfil específico de pessoas ou grupo econômico pode ser favorecido ou discriminado.

Velocidade

Um dos únicos pontos de controle das operadoras de internet é referente à velocidade. Planos que são contratados com velocidade maior pagam mais do que aqueles que têm velocidade menor.

Tráfego

O tráfego de dados também não pode ser taxado. Ou seja, a neutralidade da rede diz que o volume de dados transacionados não pode sofrer interferência para que seja cobrado por volume trafegado, como ocorre nos planos de telefonia celular.

Conteúdo

Esse é um dos principais pontos estabelecidos, pois entende-se que o acesso à informação deve ser livre. Portanto, não se pode fazer diferenciação quanto ao acesso a nenhum tipo de conteúdo. Cada um deve ter o direito de acessar aquilo que bem entende, desde que não seja algo criminoso, que tenha interesse governamental inserido ou em meio a catástrofes e desastres naturais.

A neutralidade de rede é um aspecto essencial para o funcionamento da internet como a conhecemos hoje. Sem esse princípio, várias limitações poderiam surgir, tanto na forma de cobrança por dados trafegados como em priorização de determinada empresa. É importante conhecer bem o assunto para se manifestar por aquilo que é de interesse de todos. A MK Solutions pode oferecer toda a orientação possível para seu provedor sobre esse e vários outros assuntos.

Entendeu a importância desse princípio norteador? Então entre em contato conosco e conheça as ferramentas que dispomos para ajudar seu provedor a se organizar e crescer!

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *